Ceeja

Ceeja

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Dia do Índio, Tiradentes e Descobrimento do Brasil

O Dia do Índio (19 de abril), Dia de Tiradentes (21 de abril) e o "Descobrimento" (data da chegada dos portugueses na terra que se tornaria o Brasil - 22 de abril), são datas marcantes da nossa História que merecem ser lembradas não pelos pretensos "heróis", "vilões" ou atos "heroicos" a que elas equivocadamente podem nos remeter, mas sim para o entendimento de como se dá o processo histórico com seus atores humanos, repletos de contradições e injustiças que cometem invasões e geram resistências, negociações e conflitos.  Os painéis informativos montados pela equipe de Ciências Humanas neste mês, tem o objetivo de levar os estudantes a essa reflexão.












quinta-feira, 19 de abril de 2018

Dia Nacional do Livro Infantil

O Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado em 18 de abril. A data não foi escolhida ao acaso: trata-se de uma justa homenagem a Monteiro Lobato, escritor que, como poucos, dedicou-se à literatura infantil no Brasil.

O Dia Nacional do Livro Infantil foi instituído em 2002, ano em que foi criada a Lei 10.402/02, registrando a data de nascimento de Monteiro Lobato como o dia oficial da literatura infantojuvenil. Escritor vinculado ao Pré-Modernismo brasileiro que contribuiu com obras célebres para o público adulto, Lobato deixou também um enorme legado para a literatura infantojuvenil, já que mais da metade de seus livros era dedicada a esse público. Sua primeira história infantil, A menina do narizinho arrebitado, foi publicada em 1920, e o sucesso do livro fez com que outros tantos surgissem, imortalizando as personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, Emília, o Visconde de Sabugosa, entre outros, que posteriormente seriam eternizados no famoso programa de TV produzido no final dos anos 1970 até meados dos anos de 1980 e retomado no final dos anos de 1990 até meados dos anos 2000.

Monteiro Lobato foi o primeiro escritor da literatura infantojuvenil a perceber a necessidade de inserir nas histórias para as crianças e os jovens elementos da cultura nacional, como os costumes do povo do interior e as lendas de nosso folclore. Fez isso de maneira única, combinando a identidade brasileira aos elementos da literatura universal, como a mitologia grega. Foi também o precursor da literatura paradidática, cuja principal característica é permitir que a criança aprenda enquanto brinca e lê.

Nascido em Taubaté, estado de São Paulo, no dia 18 de abril de 1882, Monteiro Lobato transformou-se em “gás inteligente” — definição bem-humorada que costumava dar à morte — no dia 04 de julho de 1948. Durante seus 66 anos de vida contribuiu intensamente para a literatura brasileira, transformando-se em referência no assunto.
(fonte: https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-nacional-livro-infantil.htm)

Visando comemorar tão importante data, a professora da Sala de Leitura e a Coordenação da escola, com o apoio e participação dos professores organizaram uma adaptação teatral – As personagens do sítio do Picapau Amarelo no CEEJA – para apresentar a nossos alunos, visando divulgar o autor, sua obra e incentivar a leitura.



Cena 01






Cena 02



Cena 03






Cena 04
















Público



Elenco






quarta-feira, 28 de março de 2018

Projeto Conscientização


Devido ao aumento do número de casos de Dengue, Chikungunia, Zika vírus Febre Amarela e Leishmaniose na região de Pres. Prudente, a equipe escolar sentiu necessidade de organizar várias atividades visando uma maior conscientização de nossos alunos e a importância de orientá-los no auxílio de conservar a escola e suas residências livres de lixos, entulhos ou objetos que possam contribuir para a proliferação dos mosquitos vetores.

Para tanto, foram organizados murais informativos pelas dependências da escola; distribuíram-se panfletos e cartilhas com informações sobre as doenças; a equipe de Ciências da Natureza promoveu uma oficina intitulada "Pequeno Vilão", com a palestra Contexto de Vida e a Saúde no Meio Urbano, do professor doutorando Baltazar Casagrande, ressaltando a importância da prevenção e do cuidado com a saúde; e os professores receberam capacitação sobre Leishmaniose, em Atpc, por meio de palestra ministrada pela Agente de Apoio de Zoonoses, Márcia Lima de Oliveira Santos, do Centro de Controle de Zoonoses de Presidente Prudente.

Murais Informativos








Alunos lendo as informações









Professoras orientando os alunos





Professora Intérprete de Libras orientando nossos alunos surdos





Panfletos e Cartilhas Informativas



Oficina Pequeno Vilão






































Palestra sobre Leishmaniose